sexta-feira, 22 de junho de 2012

ECONOMIA

Sob forte emoção, Abilio Diniz
se despede do Pão de Açúcar
com discurso e é aplaudido de pé



Abilio Diniz se despede com aplausos


Visivelmente emocionado e com a voz embargada, o empresário Abilio Diniz fez um longo discurso em tom de despedida nesta sexta-feira 22, durante assembléia na sede do Pão de Açúcar, que marca a histórica mudança de controle do grupo para o Casino.

Ao final do discurso, Diniz foi aplaudido de pé no auditório do Pão de Açúcar. Estavam presentes cerca de 70 pessoas, entre funcionários, advogados e representantes dos acionistas.

Uma ausência sentida foi a do novo dono do Pão de Açúcar, o empresário francês Jean-Charles Naouri, presidente do Casino, que embarca ainda nesta sexta-feira de volta para a França. Também não compareceram à assembléia os três novos conselheiros indicados por ele.

Abilio Diniz começou o discurso agradecendo os amigos . Disse que um amigo foi até a Cássia para assistir uma missa nesta sexta-feira, em sua homenagem. O empresário é devoto de Santa Rita de Cássia e todo ano ele viaja para Cássia, na Itália.

Abilio recebeu dias diversas manifestações de carinhos por sms, e-mails e até flores.

O empresário leu um discurso na qual ele fez um histórico do tempo que esteve a frente do Pão de Açúcar. Disse que, desde a crise de 1993, nunca mais o grupo enfrentou uma crise financeira- ele assumiu o Pão de Açúcar em 1993.

Essa companhia quase faliu no início da década de 90″, afirmou.”Desde que saimos da crise, em 1993, nunca mais tivemos problemas.

Afirmou que, entre 1999 e 2005, companhia esteve muito bem. O ano de 2005 marca a entrada do Casino no grupo.

Chamou a atenção quando ele pronunciou a seguinte frase: Sempre digo aos meus alunos que, se forem cometer erros, que sejam apenas erros novos.

Fonte: Portal Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Utilize sua conta no Google (orkut, gmail) para postar comentários, ou a opção anônimo.