quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

MICROCEFALIA NO MARANHÃO

Números de casos de microcefalia no Maranhão aumentam para 16
Fonte: G1.com/Maranhão
_________________________
Secretário de Saúde, Marcos Pacheco, diz que está tudo bem
Matéria divulgada pelo G1-Ma afirma que aumentou para 16 o número de casos confirmados de microcefalia no Maranhão no ano de 2015. De acordo com o site, a Secretaria de Estado da Saúde, afirma que três casos são relacionados à ocorrência de Zika vírus entre mulheres gestantes. Outros seis casos do tipo estão sendo investigados por técnicos da Secretaria.
A capital maranhense, até agora, é a cidade com maior incidência, com quatro casos confirmados. Depois vem Santa Inês com maior número de confirmações da doença, enquanto os demais casos ocorreram em outras cidades do Estado como Coroatá, São Francisco do Brejão, Buriticupu, São José de Ribamar, Barra do Corda, Chapadinha, Dom Pedro, Caxias, Cantanhede e Vitória do Mearim.
De acordo com a neuropediatra Tertuliana Medeiros Reis, as causas da microcefalia são várias, como toxoplasmose, rubéola e, agora, o indício do Zika Vírus em três casos no Maranhão. “Todas as crianças confirmadas com microcefalia não nasceram nesse mês. As informações estão chegando de forma gradativa, vinda dos municípios”, afirmou.
Apesar das evidências, o secretário de Saúde, Marcos Pacheco, afirmo que não existe surto de microcefalia no Maranhão. No entanto, no último relatório divulgado no dia 16 de novembro, portanto recente, SES divulgou que havia contabilizado dez casos de microcefalia no estado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Utilize sua conta no Google (orkut, gmail) para postar comentários, ou a opção anônimo.